Donald Miller parte da idéia que Deus lhe foi apresentado como uma mercadoria. Como os Pinguins me Ajudaram a entender Deus (Blue Like Jazz), da Thomas Nelson Brasil, segue na mesma linha de pensamento questionando posturas cristãs conservadoras e as formas como as instituições, denominadas "representantes de Cristo", apresentam o cristianismo à sociedade.

O autor é ousado e, com maestria, descreve atitudes que, até certo ponto, parecem inquestionáveis. Para entender melhor, é interessante explicar algo comum do pensamento do cristão americano. No país os políticos do Partido Republicano são tomados como defensores dos bons costumes e da família, além de sempre estarem ligados à alguma instituição protestante. O maior exemplo disso é George W. Bush que representa o perfil do político eleito pelos evangélicos americanos.

Miller trai essa linha de pensamento comum, e questiona posturas tomadas como prioridade pela igreja ao longo da história. Há questões de como os democratas são tratados pelos protestantes republicanos, como os homossexuais são enxotados da igreja apenas com olhares, ou receptividade pouco calorosas e como o cristianismo em algum momento virou combustível para guerras.

Um dos pontos mais interessantes do livro é quando Miller mostra o lado de duas moedas: o amor da igreja como instituição versus o amor verdadeiro das pessoas. Ele conta a experiência de viver em um acampamento junto com os hippies, que dispensam um amor bastante carnal até certo ponto, mas muito sincero e desinteressado. Depois mostra, em outro panorama, o amor que experimentou em um acampamento cristão, cheio de sorrisos, roupas bem passadas, ordens soberanas e principalmente o isolamento de relações com as pessoas que realmente precisam do amor de Jesus Cristo.

O escritor usa da sutileza ao falar de sua experiência porque, sabe muito bem, seu livro estará na prateleira dos livros cristãos de uma grande livraria mas, de forma alguma, os comentários deixam de ser ácidos e provocativos. O bom humor também é, com certeza, um dos ingredientes marcantes ao longo das histórias.

Em nenhum momento o livro se torna maçante, pelo contrário, é preenchido de boas citações, ilustrações e a convivência com pessoas interessantes como Penny e Tony o poeta beat, que são sempre bons trechos dos ensaios.
Apesar de estar defendendo convicções peculiares de uma linha de pensamento, Don Miller não torna as páginas um ajuntamento de argumentos a favor daquilo que pensa. As histórias se juntam a divagações e experiências de uma jornada onde o cristianismo é tão natural quanto o acasalamento dos pingüins (!).

No final Miller deixa bem claro que o problema não está nas somente nas instituições, mas está nele, e principalmente na sua dificuldade em aceitar a graça de Deus.

Como aperitivo fica um bom trecho do livro, onde a amiga Penny explica a Donald o quanto a Bíblia está mais para graça do que sacrifício.

Don, a Bíblia cai muito bem com chocolate. Eu sempre tinha achado que a Bíblia era mais salada, sabe, mas não é. É chocolate. Nós começamos lendo Mateus, e eu achei tudo muito interessante, achei Jesus muito perturbador, muito direto. Ele não era diplomático, mas tive a impressão de que, se eu o conhecesse, ele realmente gostaria de mim. Don, eu não consigo explicar como isso era libertador - entender que, se conhecesse Jesus, ele gostaria de mim. Eu nunca tinha sentido isso com alguns cristãos no rádio. Eu pensei que, se conhecesse aquelas pessoas, elas fariam uma careta para mim.

Livro: Como os pinguins me ajudaram a entender Deus de Donald Miller

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações