Um pouco da historia desse cara que influenciou muita gente. Entenda porque!


Final da Década de 60: o MOVIMENTO de JESUS. Também conhecido como JESUS REVOLUTION (Revolução de Jesus). O Movimento Hippie foi composto por milhares de jovens que abandonaram um estilo de vida considerado burguês, e foram à busca de uma sociedade mais livre, justa, igualitária, uma sociedade de Paz e Amor. Entretanto, os caminhos e formas utilizados para tal conquista (sexo livre, uso de alucinógenos etc), aliados à ausência de um projeto objetivo de transformação, levaram à saturação e frustração do sonho. O sonho acabou, sintetizou John Lennon em 1970. Mas o mais fantástico dessa história é que, para muitos daqueles jovens, o sonho estaria apenas começando. E foi um fenômeno ocorrido simultaneamente em diversas partes do mundo: milhares de jovens, nas ruas ou nas comunidades alternativas, acabaram tendo, por si mesmos, um encontro com Jesus. Isso ocorreu sem nenhuma liderança cristã ou nenhum projeto de “evangelização dos hippies”. Podemos, inclusive, entender isso como uma onda de avivamento derramada por Deus sobre aqueles que, verdadeiramente, buscavam a essência da liberdade. Deus manifestou-se diretamente àqueles que, verdadeiramente, o procuravam, mesmo eles tendo feito esta busca inclusive dentro do panteão religioso hindu e de filosofias não-cristãs orientais. O fenômeno da conversão em massa de hippies chamou a atenção da mídia e da igreja da época.

Em 1970 a revista TIME fazia reportagem especial sobre o assunto, mostrando, na capa, uma cerimônia de hippies sendo batizados no oceano pacífico. Algum tempo depois, o renomado e respeitado pastor Billy Graham (que não era ligado ao movimento), lançava um livro, Jesus e a Geração Jovem, em que expunha, analisava e endossava como sendo genuinamente cristã a Revolução de Jesus. COMUNIDADES HIPPIES CRISTÃS e outras manifestações advindas da Revolução de Jesus. Em 1970 já existiam aproximadamente 170 comunidades hippies cristãs ao redor do mundo, inclusive no Afeganistão. Em 1971 é fundada, na cidade de São Gonçalo-RJ, a COMUNIDADE CRISTÃ S8, pelo Pr. Geremias Fontes e sua esposa Nilda .Geremias era Governador do estado do Rio de Janeiro em plena ditadura militar no Brasil, ligado à ARENA, o partido de apoio ao governo. Um problema familiar, entretanto, viria a transformar sua vida radical e definitivamente: um de seus filhos envolveu-se com drogas. Não tendo nenhum apoio da igreja onde ele então congregava, Geremais passou a acompanhar seu filho, e os amigos drogados do mesmo, na garagem de sua casa. Esse grupo inicial livrou-se da dependência das drogas ao mesmo tempo em que teve experiências com Jesus. Formado basicamente por jovens ligados à cultura hippie da época, o grupo levou à criação da S8, que tornou-se a igreja cristã para onde íam os drogados, os músicos, os artistas e hippies nos anos 70. A S8 constituiu, literalmente, algumas comunidades hippies cristãs naquela década: eram casas, lideradas pela Tia Leta, em que vários jovens viveram juntos. Além desta realidade pioneira, a S8 marcou a cultura hippie e a igreja evangélica com uma produção musical inovadora e altamente criativa, lançando seis discos entre os anos 70 e 80. A S8 existe até hoje, tendo ainda a presença de Geremias e Nilda, e serve de inspiração, modelo e influência para a maioria das comunidades e grupos alternativos cristãos que vieram após ela. Em 1972 surge, nos Estados Unidos, a JESUS PEOPLE USA, formada pelo casal hippie de músicos Glen Kaiser e Wendy. Kaiser, autêntico hippie norte-americano, teve uma experiência com Jesus, em que este lhe dizia que ele formaria uma banda através da qual muitos jovens conheceriam a Jesus. Sua companheira Wendy também se converteu, eles se casaram e formaram a Comunidade Jesus People USA e a RESSURRECTION BAND, esta no melhor estilo rock geração woodstock e anos 70. A Jesus People, além de intenso trabalho de evangelização, destacou no cenário evangélico em geral por também envolver-se ativamente em diversas questões de cunho social, desde passeatas contra a violência contra as crianças, até o trabalho de recolhimento, cuidado e restauração de moradores de rua. Ela também existe até hoje, situada em um pequeno conjunto de prédios em um bairro underground da cidade de Chicago. Lá vivem atualmente cerca de 400 pessoas, entre idosos, deficientes físicos, mães solteiras, crianças, além de jovens e adultos vindos das mais diversas realidades sociais. A Comunidade se auto-sustenta através de sua marcenaria, serviços de reparos em telhados, uma revista mensal, uma gravadora de discos etc. Além disso, eles possuem uma fazenda onde realizam, todos os anos, no mês de julho, um festival, chamado Cornestonne, que chega a reunir mais de 150 bandas cristãs (a maioria de rock) do mundo inteiro, além de atividades para as crianças e toda a família.

Muito loko tudo isso.

1 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações