Dona Jajá, 

Quanta saudade eu sinto do tempo que passamos juntos, vó… Daquela época que morávamos no fundo da sua casa, dos fins-de-semana que você levava eu e minha irmãs para escola dominical. Lembra disso vó? Acho que não lembra. Mas você foi a responsável pelos fundamentos de nossa fé em Cristo Jesus 

Sabe, vó, mesmo longe nunca tive tão perto de ti. Minha saudade faz sentir o cheirinho da sua casa, faz meus ouvidos ouvirem suas bronquinhas todos os dias, você cantar os hinos que até hj por incrível que parece ainda lembra com precisão. E, mais importante, minha vida faz ressoar cada ensinamento cristão que recebi na infância. Hoje vejo como cada momento daquele, que às vezes para um adolescente pode parecer chato, ganha um significado especial quando o adolescente vira homem e passa a ver sentidos em coisas outras. 

Hoje, vó, sou uma pessoa feliz. Minha família é maravilhosa, minha profissão está em plena construção. Que mais pode querer alguém? Um colinho de vó. É eu queria um colinho de vó… De longe, sinto um vazio cheio de saudade, uma ausência tão presente. Vó, obrigado por tudo. 

Obrigado por existir e fazer existir tanta gente, cujo amor transcende pelos filhos e netos, amor de mãe. 

Obrigado por ser minha vó, uma vó de quem me orgulho e que, por ser especial, lá em casa só chamamos de Jajá... 

Obrigado por saber construir com simplicidade uma base para que suas futuras gerações lembrassem sempre de onde viemos e quem cuida de nos. Obrigado por servir de exemplo maior de luta na criação de filhos, mesmo com tanta coisa contra… Com fé, eu aprendi que tudo é possível. Obrigado por fazer parte do eu que sou, de tantas e variadas formas. 

E desculpa, vó. Desculpa por não ter passado mais tempo contigo. Desculpa por não gostar tanto de ficar sentado durante a escola dominical. Desculpa por entrar no seu quarto que para você parecia uma coisa ultra-secreta. Desculpa por eu estar longe agora, por contingências da vida, vida que nos ensinaste, pela tua, a valorizar e construir. 

Saiba, minha vovó, que eu te amo muito, muito, muito. E que, quando você for embora para sempre, eu vou chorar muito de saudade, mas vou me alegrar muito por saber que estará em um lindo lugar, lugar esse que você nos ensinou a querer. E que lá, vozinha passarei contigo todos os finais de semana. 

Juliano.

8 Comentários - AQUI:

  • Amor, ficou tão lindo esse post, tão cheio de emoção, você conseguiu transmitir sensações através dele, mesmo eu que não vivi esse lindo passado senti um cheiro de infância e de casa de vó. Ao escrever este a impressão que passou foi que você voltou à ser criança por um instante para escrevê-lo, nem sei se era essa a intenção, mas foi o que você transmitiu.

  • oi juliano! nossa! estou sem palavras e com um nó na garganta...chorei ao ler seu post...que coisa linda seu amor pela sua vó!
    Que Deus abençoe vc e sua familia e é claro...sua vozinha tão querida!
    Um abençoado ano novo pra todos vcs!

  • Belíssimo...Expressa direitinho tudo que vivemos ali com ela...Tínhamos tudo sem saber...Fomos os filhos e os netos mais ricos desse mundo, e mesmo que isso possa parecer contraditório, só nós podemos compreender a dimensão dessa realidade. Ninguém mais... E isso nos faz grandes, nos faz ricos, nos faz felizesssssssssssss demais... Graças a Deus pela vida da nossa vozinha tão fofa...

  • Nossa Jú....
    retratou a nossa história nesse post.
    Nossa preciosidade.... Esse presente maravilhoso de Deus!!!! Veio até a lembrança do Cheiro.... Da férias que eu sempre sonhava em chegar. de querer ver a vovó sem a dentadura, ou sem o Coquezinho. Comer o Nhoque Deliciososo, e pão com Molho (o melhor molho do mundo). escutar as fitinhas com as gravações de todos os netos, cantando ou conversando.
    Mesmo com tanto problemas, tantos obstaculos, sempre foi uma mulher forte e mesmo que não imaginasse, na sua inocencia, uma mulher Sábia. Que edificou e salvou sua família!!!!
    Posso dizer que repassando toda minha vida, não houve lugar onde fui mais feliz do que naquela casinha pequena, mas sempre cheia de MUITO, MUITO AMOR!!!!

    Agradeço a Deus por ter nascido na família dessa Mulher Grandiosa, mulher que ama a Deus, e ser abençoada com toda a sorte de bençãos, em cada primo, prima, tios... que ela nos presenteou!!!!

    Obrigada por esse post Maravilhoso, as vezes nos esquecemos de ser gratos pelas dádivas de Deus em nossas vidas!!!
    Beijo grande e amo vc e essa família linda!

  • Chorei com esse texto. Porque vivi exatamente isso que você viveu com a vó Jájá. As tardes sentada ao lado dela pra aprender os corinhos da igreja que ela insistentemente queria me ensinar para que eu ensinasse às crianças da igreja. Os beliscões, as broncas, os risos e os dias em que me fazia chorar com seu exemplo de vida com Deus. Só tenho a agradecer, pela base que ela deu pra minha família, a mais importante de todas. A base na fé.

  • Que foto linda essa! Tao feliz apesar dos pesares... So mesmo com muita fe, so mesmo Deus... Saudade da vovo Jaja, das historias que contava, dos presentes e ate mesmo das implicancias.Me sinto culpada. Me sinto culpada por nao ter retribuido nem 1/3 do carinho, do amor e da atencao que ela teve ou tem por mim. Nao deixei de fazer por nao amar, nao foi isso. E que sei la, acho que nao sabia demonstrar, ou pelo menos nao sabia a importancia que existe na demonstracao de afeto. Peco a Deus que eu possa compensar essa falta, dizendo e mostrando as pessoas proximas, que apesar de todo o desgaste dos relacionamentos do dia a dia, que eu as amo e o quanto elas sao importantes pra mim. Forca Jaja!Com toda certeza posso dizer no plural que amamos vc, que vc e um exemplo e um orgulho pra familia inteira e que ainda quero ter a chance de ainda dar muitos beijos e abracos na vo mais cheirosa e numa das mulheres mais guerreiras do mundo. Que Deus te abencoe minha vo.

  • Primo,sempre morei em Rio Claro,mais sempre participei dos momentos felizes em Araguari.De qdo iamos todos brincar juntos,da comidinha da Tia Jaja,das broncas dela,rss...do carinho que nao deixava de dar pra todos.Sentimos muitas sdds dessa época.
    Somos gratos pela vida dela,sempre seremos e tem uma coisa,"COMO DOI A SAUDADES",mais Deus superará,com certeza.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (296) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações