“Eis que como barro nas mãos do oleiro, assim sois vós na minha mão” (Jr.19:6).

Deus pode fazer com minha vida aquilo que ele bem quiser. Que verdade extraordinariamente assustadora! Na realidade, tudo o que existe e acontece que possa ameaçar a autonomia humana, isto é, o controle sobre minha própria vida, torna-se automaticamente motivo de repulsa num primeiro momento. Por exemplo: o amor tira-me parcialmente do domínio, visto que me deixa vulnerável, sujeito a um gozo singular e, ao mesmo tempo, a todo tipo de retaliação. “Amar é, antes de tudo, ficar vulnerável”, afirmou C.S. Lewis. Mas o amor é, de certo modo, uma escolha; eu posso, se quiser, retrair-me em um movimento de rejeição às suas manifestações.

Deus é capaz de me tirar do controle total de minha vida, e Dele, todavia, eu não posso escapar. Deus pode ser uma escolha pessoal e relativa no que diz respeito à fé de cada um (o que é perfeitamente questionável, já que a fé é também um dom, conforme a Palavra), mas não o é de maneira alguma em relação à vida, visto ser ele mesmo o Senhor da vida, quem oferece e também a toma de volta. Como posso estar alheio à presença e ação de um Deus tão surpreendente? Sim, como “vasos de barro” nas mãos do Oleiro, que facilmente se desmancha quando imperfeito e se refaz com uma beleza estonteante, assumindo contornos renovados e firmes, assim se com-forma a minha vida nas mãos de Deus.

Esta talvez seja uma das metáforas mais felizes e inteligentes da Bíblia, porque relembra o fator proveniente da criação, qual seja o de que viemos do “pó”. E se Deus pôde, como em um sopro, transformar pó em vida, tal como o oleiro criativamente dá forma a seus belos vasos, quanto mais capaz seria de fazer a vida retornar ao pó. Afinal, destruir é sempre mais simples que criar( Ex: Plantar trigo e bem mais difícil do que arrancar joio), que recriar ou reformar. Desse modo, podemos ser “tudo” ou “nada” nas mãos de Deus. Ao reconhecer minha miséria e inoperância diante da glória Divina, porém, como vaso de barro nas mãos do oleiro, a realidade da minha vida, de pó se transforma em riqueza e esplendor, para honra e glória do Oleiro. A vulnerabilidade é um instrumento poderoso nas mãos de Deus. Nossa vulnerabilidade Deus é nossa força.

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações