"Irmãos, o bom desejo do meu coração e a minha súplica a Deus por Israel é para sua salvação. Porque lhes dou testemunho de que têm zelo por Deus, mas não com entendimento. Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria, não se sujeitaram à justiça de Deus. Pois Cristo é o fim da lei para justificar a todo aquele que crê". (Rm 10:1-4)

Esta passagem da carta de Paulo aos romanos traz à tona as graves conseqüências de se viver uma fé sem entendimento, sem que façamos uso de nossa razão de forma a conectar a Palavra de Deus à nossa realidade diária, especialmente no que se refere à nossa relação com Deus e com Seus planos.

É temeroso demais para mim, como cristão evangélico, perceber quão importância Paulo atribui à razão quando declara que nem mesmo um zelo genuíno por Deus pode nos livrar da conseqüência de não se alcançar a Sua justiça quando não entendemos os Seus planos, especialmente aqueles relacionados à obra de Cristo e o propósito de Sua jornada na terra.

Numa época onde as emoções tomaram o papel pertencente à razão (o de determinar através do discernimento espiritual e do entendimento das Escrituras o que vem e o que não vem de Deus), a afirmação de Paulo torna-se extremamente preocupante. As experiências são hoje a prova da verdade, pois não se pergunta mais sé determinada prática ou ensino é verdadeiro, mas questiona-se apenas se “dá certo”.

Algo semelhante a isso estava sendo vivido pelos romanos. Tinham a preocupação de estar agradando a Deus, porém desconectados da verdade do Evangelho. A conseqüência disso? Não estavam vivendo uma justiça verdadeira, vinda de Deus, mas uma justiça de homens, que não tinha poder para salvá-los.

Note que Jesus é a justiça de Deus, pois é através dEle que somos justificados.

Mas para alcançar a Justiça de Deus (Jesus) não basta capricho, é necessário entendimento, é necessário devolver à razão o seu papel dentro do cristianismo que é o de processar as informações do que nos cercam, interpretando-as com o auxílio do Espírito Santo, de forma a vivermos uma fé prática, conectada à verdade do Evangelho de Cristo.

Ora, a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus (Rm 10:17) e isso significa que ela vem através do entendimento dos planos e princípios de Deus explícitos na Cruz. Ela não vem de experiências sensitivas e Paulo confirma isso no mesmo capítulo da carta aos romanos, quando declara que só é possível invocar o nome de Deus quando ouvimos e entendemos a Palavra de Deus. Invocar, segundo o mesmo contexto, significar viver uma fé com entendimento, a ponto de alcançar justiça, ou justificação (Rm 10:9-14).

Reconheço que este é um assunto complexo, que se desenrola por campos pouco explorados em nossas igrejas, nas escolas bíblicas e afins, como a relação entre Antigo Testamento e a nova vida com Cristo, o uso da razão e o papel das emoções, mas os tempos são difíceis e precisamos voltar a experimentar o Evangelho Genuíno de Cristo, a Palavra de Fé e não apenas as sensações buscadas por boa parte de nossa geração. Não podemos correr o risco de viver uma justiça falha, que não provém de Deus.

Façamos então a pazes com a razão, e coloquemos nossas emoções em seu devido lugar, que é o de nos levar a refletir uma nova natureza, fazendo-nos compadecidos do sofrimento alheio.

Juliano Fabricio  Fonte da imagem 
 

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações