Iptu, Inss, Ipva, Ipi e Jesus.

No Brasil temos um grande déficit público causado por vários fatores. Essa dívida vem se estendendo por décadas, “entra plano e sai plano”, mas a dívida continua.

Uma das causas da dívida pública do Brasil tem sua origem no campo moral do cidadão e do governo, na forma de corrupção e sonegação fiscal, mostrando que o problema não está somente no lado do governo mas também na má vontade e na irresponsabilidade do cidadão em não contribuir.

Deve existir uma imagem correta do cidadão com relação ao imposto, nós devemos contribuir sabendo que os impostos não são estipulados pelo governo para retirar dinheiro da população, a consciência correta na hora de pagar seus tributos é saber que aquela parte será direcionada para alguma melhoria na saúde, na educação e na economia em geral.

Em contrapartida o governo deve ter a consciência e a responsabilidade de saber que o dinheiro arrecadado do cidadão deve ter seu fim como estipulado pela lei, sendo direcionado a educação, saúde e outros benefícios que não inclui “caixas 2” nem as cuecas dos parlamentares.

Parece que o descontentamento do cidadão, e a falta de honestidade do governo contribuem para um problema que parece sem fim, porém, o que Jesus tem a nos dizer sobre isso? Qual deve ser o papel do cristão nisso tudo?

Pois bem, Jesus viveu uma época parecida com a nossa, se não pior, Jerusalém era tomada por Roma, e Cesar extrapolava nas cobranças de impostos, Jesus ao ser questionado se a população deveria pagar os altíssimos impostos disse as conhecidas palavras: “Dê a Cesar o que é de Cesar”, mostrando que cabe a cada cidadão honrar suas responsabilidades, mesmo que aparentemente injustas.

Jesus ao invés de “incitar uma manifestação” mandou a população fazer a sua parte.

E é exatamente isso que falta a nós brasileiros: fazer a nossa parte.

Chega de uma sociedade acostuma a dar o famoso “jeitinho brasileiro” chegou o tempo onde nós devemos deixar de reclamar do governo, da política, e aprender a cumprir com as obrigações que nos foram colocadas, assim criaremos filhos honestos, que no futuro serão grandes deputados, parlamentares ou até mesmo presidentes.

Devemos aplicar os ensinamentos de Jesus e confiar na sua justiça e provisão, orar pelos governantes e não esquecer de dar a Dilma o que é da Dilma, e dar a Deus o que é de Deus.

Juliano Fabricio

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (296) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações