10 PECADOS DA INSTITUIÇÃO X IGREJA - Parte 1 

  
10 PECADOS DA INSTITUIÇÃO X IGREJA - Parte 2

   
10 PECADOS DA INSTITUIÇÃO X IGREJA - Parte3

1 Comentários - AQUI:

  • Não acredito que a estrutura engessa o serviço cristão. O que vejo é que alguns, para justificar a falta de comprometimento com Cristo, apontam a estruturação atual como desculpa. A grande maioria não se sente sufocada, por exemplo, ao exercer uma profissão, fazer compras, ir a uma consulta médica. Não sei se estou sendo claro, mas com esses exemplos quis salientar que muitos de nós não se sentem sufocados na vida secular, diante das várias estruturas sociais, e que grande parte não se sente impedida pela estrutura eclesiástica ou denominação ao fazer uma faculdade, prestar um concurso público ou assumir um emprego privado; quando os armários e geladeiras de suas cozinhas estão vazios, não se sentem impedidos de frequentar este ou aquele estabelecimento comercial; quando estão doentes, não se sentem impedidos de procurar socorro neste ou naquele hospital, não importa, por exemplo, se o hospital seja brasileiro, ou sírio, ou libanês, ou ambos, ou de outra nacionalidade; não importa qual a religião do patrão, ou do comerciante, ou do médico; nesses momentos grande parte de nós se sente livre. Será que ainda se indignam com a corrupção política? Ou com a corrupção do cidadão comum tentando subornar a autoridade policial? Ou com o policial tentando extorquir o outro cidadão? Ou com os buracos nas ruas e estradas? Ou com a carga tributária? Ou com a insanidade no trânsito? Ou com a taxa de homicídios? Ou com os homicídios que nem entram nas estatísticas? Ou com a baixa qualidade da educação? Ou com a baixa percentagem dos adolescentes e jovens que chegam ao Ensino Médio? Ou com a saúde pública? Ou com... Parece que somos cristãos apenas nos momentos em que estamos nos templos, mas quanto tempo passamos dentro e quanto fora deles, longe dos olhares “tirânicos” da estrutura? E fazemos de tudo, pertencemos a outros grupos sociais, sonhamos fora da “igreja”, mas no momento de adorar a Deus, e de edificar a si, e de edificar aos outros, muitos de nós se declaram impotentes em razão de a igreja haver se tornado uma instituição.
    Cristo ao ressuscitar fez de seus discípulos apóstolos, enviados, líderes da igreja. A liderança já não era para todos, mas para uns poucos escolhidos e preparados para liderar. Para Deus todos são iguais, porém uns lideram, outros são liderados. Mas aquele povo perseverou unânime no templo, até ser perseguido pela estrutura antiga. E mesmo perseguido perseverou, e também errou. Afinal, eles eram, como nós, humanos. Não sei se estávamos autorizados a construir templos após o Tabernáculo e o Templo de Jerusalém, mas os templos estão aí, são uma realidade hoje, no nosso momento histórico, e o que fazer?
    Não podemos idealizar aquele passado, voltar às origens narradas em Atos dos Apóstolos, pois se perfeito fosse não haveria necessidade de grande parte do conteúdo das cartas, escritas por poucos para muitos. Se houvesse perfeição naquelas pessoas as epístolas teriam apenas palavras açucaradas. E não podemos dizer, hoje, que os que são partícipes das instituições e denominações ou os que se reúnem nas casas são faltos de Deus, porque nós não sondamos os corações e as mentes.
    Temos que encarar nosso momento histórico e buscar a Deus, onde quer que estejamos. Temos, também, que buscar a correção de rumo? É claro que temos. E algumas coisas são exclusivas deste momento que vivemos hoje. Por exemplo, falando de cartas, quanto Paulo e outros cobravam dos cristãos pelas cartas-livros que lhes enviavam? Porque não temos notícia de terem descoberto um novo filão para ganharem dinheiro e viverem uma vida abastada. Observamos nas Escrituras que no passado homens de Deus enriqueciam, mas por intermédio da pecuária, ou da lavoura, ou da atividade administrativa, como Abraão, Jacó e José. E vemos até a recusa por pagamento na utilização dos dons, como Eliseu no caso de Naamã. Mas hoje muitos querem ser escritores “profissionais”, comercializando o que aprenderam de Deus, locupletando pela manifestação de dons e apontando, como acabo por fazer nesse artigo, somente o erro dos outros.


    Valdir Rocha

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações