O elefante tem medo de mouse

Redes Sociais, Ativismo e Comunhão Cristã na Web.

A internet esta alterando radicalmente as comunicações, os negócios, a produção cultural e científica e até a forma como nos relacionamos.

Vivemos um momento único. O conhecimento da civilização está literalmente na ponta dos dedos e estamos conectados uns com os outros, como nunca estivemos. Hoje já existem mais pessoas no Facebook do que a população inteira do planeta há duzentos anos.

Vivemos a multilateralidade da comunicação global e, paradoxalmente, constatamos que as redes sociais são a manifestação eletrônica das tribos. As pessoas estão se juntando em torno de interesses, causas, ideologias, desejos, religião, etc. As redes sociais digitais subvertem o paradigma econômico dominando os meios de comunicação desde que o homem bateu o primeiro tambor. E não apenas por seu gigantismo transcendendo tudo o que já conhecemos por mídia de massa, ou pela velocidade com que todos os outros meios são cooptados por esta. O grande salto no escuro que estamos assistindo é a internet, via redes sociais, dar voz ao homem comum. A estória contada a partir de um canto qualquer do mundo, que através do engajamento de milhares de indivíduos anônimos ganha uma dimensão global: Podem ser homens presos em uma mina, o nascimento de um urso panda, a condenação à morte de um missionário... Um por do sol.

A internet está conectando corações e almas. O tambor que bate hoje não é aquele único pertencente ao chefe da tribo. Agora todos têm os seus tambores e quando estes encontram causas comuns, tocam juntos, tocam rápido, de tribo em tribo e não há quem os possa mais silenciar. O ativismo virtual rompe distâncias continentais, desconhece barreiras culturais, fronteiras, poderes e governos.

E nós cristãos diante desta nova realidade? Como a internet pode servir a missão integral da igreja? Como a comunhão virtual pode ser instrumento para a mudança de vidas? Como as redes sociais podem servir ao Reino de Deus?

Venha conhecer melhor e discutir essa nova realidade no seminário de redes sociais do Tribal Generation Global 2012.

Vamos desvendar os mecanismos das redes sociais a partir de façanhas digitais de nosso tempo, onde pequenos mouses assustaram elefantes - proezas coletivas nas redes sociais subvertendo a antiga ordem das coisas. E, dai, ao passado, buscando inspiração para a nossa revolução cristã digital, rememorar, sob uma ótica diferente, uma façanha preciosa a todos os evangélicos: A história do monge alemão que há 500 anos empregou as novas mídias de seu tempo para atingir homens comuns e incinerar, através das redes sociais, as bases do poder da monarquia absoluta da igreja inaugurando a Reforma Protestante. 


Danilo Fernandes
Minha participação no Tribal Generation Global
Painel Global: Rumos da Igreja ( 7/06 )
Seminário redes sociais: O elefante tem medo de mouse (8 e 9)

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (296) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações