Quem nunca foi iludido???? Então ai vai algo sobre o perigo das "falsas promessas". 

Infelizmente existem muitos liderem religiosos motivando pessoas para crer em promessas que Deus nunca fez na sua Palavra. Obviamente que se Ele nunca as fez, não está comprometido em cumpri-las, mesmo tendo sido feitas em nome dEle. O perigo é que as falsas promessas produzem frustração e muitos acabam se decepcionando, não com quem fez a promessa em nome de Deus, mas com o próprio Deus. 

Farei aqui menção de duas falsas promessas feitas em nome de Deus. A primeira é a de que Deus prometeu curar todas as enfermidades. Observe que entre Deus fazer milagres curando enfermidades e Deus ter prometido curar toda enfermidade há uma grande distancia.

Equivocadamente, um dos textos bíblicos usados para fundamentar essa ideia é o de Isaias 53:4,5 quando diz: “Certamente ele (Jesus) tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados”. 

Se apelarmos para uma interpretação literal desse texto, seremos levados a crer que Jesus levou na cruz todas as nossas enfermidades para sermos curados. Mas é preciso interpretar a Bíblia a luz de toda a Bíblia. Uma regra importante de interpretação bíblica é nunca interpretar um texto sem considerar todos os demais. Será que o restante da bíblia corrobora a idéia de que Deus fez uma promessa aos que crêem em Jesus de que nunca mais teriam enfermidades ou que todas as suas enfermidades seriam curadas? 

O apóstolo Paulo não entendeu dessa forma, porque não teria se preocupado com a saúde do jovem Timóteo e dado o seguinte conselho: “Não continue a beber somente água; tome também um pouco de vinho, por causa do seu estômago e das suas freqüentes enfermidades” (1 Timóteo 5:23). Observe que Paulo não invoca nenhuma promessa divina pra dar conselho do tipo “Timóteo, repreenda essa enfermidade porque ela é do diabo e tome posse da cura garantida pra você na cruz”. Parece que Paulo trata a enfermidade na vida de um servo de Deus com naturalidade ao dizer “Não continue a beber somente água; tome também um pouco de vinho, por causa do seu estômago e das suas freqüentes enfermidades”. Observe que Paulo não deu receita sobrenatural para a cura de Timóteo, mas deu uma receita natural. 

Tenho observado cristãos frustrados com Deus porque não receberam a cura com base em promessas de que seriam curados de suas enfermidades. Creio que Deus cura enfermidades, mas biblicamente, Ele não colocou isso como uma regra para a saúde do cristão.

Outra promessa bastante difundida em nome de Deus é a da prosperidade a todos os seus filhos. E prosperidade entende-se como carro do ano, mansão, casas de praia, empreendimentos altamente lucrativos e assim por diante. É verdade que Deus prometeu cuidar das nossas necessidades materiais. Em Mateus 6:33 Jesus disse: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas”. O “todas essas coisas” a que Jesus se refere são as necessidades básicas como moradia, vestuário e alimento que havia mencionada nos versos anteriores (Mateus 6:25-32). Jesus não prometeu riqueza. Jesus prometeu nos suprir do básico. 

A promessa de prosperidade alimenta a vaidade humana e a insaciável sede pelo ter, possuir e conquistar. Jesus disse que essa atitude é pagã e não cristã. Por isso ele disse: “Portanto, não se preocupem, dizendo: ‘Que vamos comer? ’ ou ‘que vamos beber? ’ ou ‘que vamos vestir? ’ Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas” (Mateus 6:31-32). 

Essa promessa também pareceu muito estranha ao apostolo Paulo, porque se estivesse esperando prosperidade de Deus, não teria dito aos filipenses o seguinte: “Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade” (Filipenses 4:12).

Enfim... Curado ou não, com ou sem dinheiro. Eu vivo para servi-lo. Que Deus te abençoe e que você espere somente pelas verdadeiras promessas de Deus e jamais seja frustrado pelas falsas promessas humanas feitas em nome dele. 

Juliano Fabricio

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (296) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações