Martin Luther King foi um pastor protestante que rompeu o silêncio dos bons e sofreu por não concordar com os maus. Essa é uma das suas famosas frases: "O que me preocupa não é o grito dos maus, mas sim o silêncio dos bons". Essa frase é exata, pois é sob o silêncio cúmplice dos decentes que alguns dos maiores crimes acabam sendo perpetrados.

Todos aqueles que gritam a verdade, sofrerão as conseqüências daqueles que sussurram mentiras. É por isso que na maioria das vezes, os bons ficam em silêncio e vivem uma vida de escravo. Outra coisa que faz calar os bons é que o mentiroso que sabe se promover, grita aos quatro cantos e faz o carnal se sentir em segurança, pois o dinheiro traz um "alivio" de estar sendo bem sucedido espiritualmente. Mas o Cristão carnal logo descobrirá que esteve semeando sua vida inteira na carne. Por isso, não devemos nos esquecer que vamos ter que prestar contas dos nossos atos diante de Deus. Se você é a favor da verdade não fique em silêncio, pare de sussurrar e comece a gritar com respeito e amor. Essa vida tem que ser vivida em verdade.

Martin Luther King morreu por gritar uma verdade, mas tenho a certeza que Deus se alegrou por isso.

"Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro. Porque cada qual levará a sua própria carga. E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna". (Galatas. 6.4-8) 

Fica também aqui uma reflexão sobre o texto do pastor Niemöller, que cometeu o equívoco de ser simpatizante do nazismo no começo do movimento e veio a se tornar seu adversário radical, tanto que foi parar num campo de concentração. Essa frase expressa os mesmos valores. 

“Um dia, vieram e levaram meu vizinho, que era judeu. Como não sou judeu, não me incomodei. No dia seguinte, vieram e levaram meu outro vizinho, que era comunista. Como não sou comunista, não me incomodei. No terceiro dia, vieram e levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, não me incomodei. No quarto dia, vieram e me levaram. Já não havia mais ninguém para reclamar.” 

Quando os bons se calam, os maus triunfam. 

Juliano Fabricio

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (296) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações