É assim que Jesus é descrito pelo apóstolo Paulo no livro de Filipenses. Ele, sendo Deus, não usou dos direitos e de suas prerrogativas divinas. Jesus se esvaziou! Deixou de lado seus atributos divinos. Veio viver no nosso meio e jogar o nosso jogo. 

Por que foi assim? Era necessário que fosse dessa maneira? 

O Salmo 115, diz que os céus são os céus do Senhor, mas a terra, Deus deu aos filhos dos homens. Isso significa que, ao delegar o cuidado da terra aos homens, tudo o que ocorresse aqui, era responsabilidade nossa. Seria como se tivéssemos ganhado um carro e ouvíssemos Deus dizendo: “O carro é seu! Eu lhe dei! Usufrua dele, porém, responsabilize-se por ele! A gasolina é por sua conta! A manutenção é por sua conta!” 

Daí, o ser humano faz algo terrível. Ele escolhe pecar! Traz conseqüências irreversíveis! Caminha lentamente em direção à morte e não pode fazer nada para mudar sua nova condição de existência. 

Deus tem um dilema para resolver: Deixo o homem perecer? Ou faço algo para mudar sua situação? 

O amor de Deus não o deixa parado! Ele resolve agir! Mas, talvez, o diabo tenha entrado em cena e seu questionamento agora é: “Você vai mudar as regras do jogo? Disse que as coisas aqui em baixo eram problemas do homem e, agora, irá VOCÊ mesmo resolvê-las?” 

O diabo o acusaria de um Deus melindroso! Um Deus que muda as regras do jogo! Que não cumpre com suas próprias leis! 

Só que, para a surpresa de todos nós, inclusive do diabo, Deus diz: “Vou agir, mas irei como homem e não como Deus!” 

“Como homem?” Isso seria muita humilhação para um Deus que os céus não podem conter… 

Isso explica o Verbo ter se encarnado e se submetido aos limites de um corpo físico. (Jo.1:14) 

Isso explica Jesus não ser onisciente quando diz que não sabia qual era o grande dia da consumação do século. (Mt.24:36) 

Isso explica Jesus não ser onipresente ao ouvir Marta dizendo: “Ah, Senhor! Se estivesses aqui meu irmão não teria morrido!” (João 11:21) 

Isso explica Jesus não ser onipotente ao dizer a Tiago e João que não lhe era possível conceder um lugar à sua direita e à sua esquerda. (Mc.10:40) 

Isso explica aquele que poderia ter sido chamado de o “Esvaziado”! 

Se Jesus se esvaziou, por que você ainda mantém seu ego tão inflado? 

Juliano Fabricio em outras fronteiras

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (296) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações