Não me envergonho de mudar de idéia porque não me envergonho de pensar, já diria Blaise Pascal. 

Muitas certezas de outrora, não são certezas do presente. Compartilho uma delas. 

Não tenho mais tanta certeza sobre o livre arbítrio ou sobre a predestinação eterna. Ao meu ver, as Escrituras corroboram ao mesmo tempo as duas linhas de pensamento e, calvinistas e arminianos se degladiam para que suas verdades sejam estabelecidas. Eu, nesse momento, estou mais inclinado a crer que livre arbítrio e predestinação se encontram em algum ponto que nossa mente limitada não consegue enxergar. Já li excelentes defesas de calvinistas e arminianos, contudo, nós, humanos, sempre estamos competindo e percebo sempre muito mais disputas do que; humildade, paciência e amor nas explanações de ambas as partes. Contudo, sei que haverá o grande dia em que não veremos mais em partes, e sim, face a face. Creio que nesse dia calvinistas e arminianos exclamarão um grande: Ahhhhh! Então era isso! Porque tenho certeza que, tanto calvinistas como arminianos, tem suas dúvidas sobre alguns pontos de sua própria doutrina. 

Ainda falta, e muito, o senso de serviço que Paulo nos recomenda na carta aos Filipenses 2.3, em que diz: 

"Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo". 

Veja como esse senso de serviço eliminaria quase todos os problemas de relacionamento da humanidade, em qualquer esfera, em qualquer grupo. 

Porém, esse ensinamento Paulino vai de encontro com o inconsciente coletivo alimentado pelo sistema capitalista que vivemos. Alguns acusam o comunismo de ter patrocinado atrocidades e exterminado mais de cem milhões de pessoas ao redor do mundo. Porém, o capitalismo matou centenas de milhares de pessoas e continuara matando, porque esse sistema se alimenta e alimenta do que há de pior no ser humano. O egoísmo e a ganância. As guerras precisam acontecer para o bem financeiro da indústria bélica, e a indústria bélica financia o sistema. Ainda haverá muitos latrocínios nos cruzamentos da urbanóide, muitos chefes de família morrerão reagindo assaltos defendendo os seus bens, porque somos induzidos a amar mais as coisas do que as pessoas, e às vezes, até mais que a nós mesmos. 

O capitalismo pariu o consumismo, o individualismo e o egocentrismo. E essa trindade satânica matou e continuara matando muito mais que qualquer outro modelo. 

Contudo, não pretendo fazer defesa de nenhum sistema. Apenas não tenho uma crítica amedrontada no pior estilo Regina Duarte na campanha presidencial de 2002, nem tão pouco a paixão cega pela revolução socialista que embalou minha adolescência. Hoje, minha bandeira é o sistema do Reino, que será oficializado em breve pelo maior Revolucionário Subversivo, Original, Justo e Amável que já existiu, Jesus Cristo de Nazaré. 

Como um adepto direto dessa revolução do amor ensinada pelo meu Comandante, atuo no flanco da subversão e posso observar que, o paradigma da religião é o maior entrave na missão da grande comissão de Cristo. O pecado derrubou o homem, a religião o impede de se levantar. 

Há séculos foi erguida uma muralha de religiosidade que separa muitas pessoas de Deus. Uma muralha que foi construída por mãos humanas. Existem chaves quebradas por homens dentro das fechaduras que abrem as portas que levam ao encontro genuíno com Cristo e seus valores. Homens que nos tempos de Jesus tinham o título de interpretes da lei. Sobre esses, o Messias afirmou: "Não entram e não deixam ninguém entrar!" (Mateus 23.13) 

Cristo veio anunciar um Reino de justiça e amor, não veio fundar uma religião. Sei que para muitos é difícil demais lidar com essa afirmativa, pois a tradição da igreja tem mais peso que a liberdade de Cristo. A liberdade assusta quem sempre viveu sob rédeas. 

Tudo passará, inclusive o formato de igreja institucional que temos hoje, o que não passará serão as palavras do Mestre. Seus valores, seus ensinos. E a igreja subirá como diz a profecia, mas não no formato empresarial que funciona hoje em dia. 

Seja você uma igreja móvel, seja você um divulgador do Evangelho do Reino. Quando suas atitudes se tornarem um outdoor de amor e justiça, será mais fácil compartilhar o Evangelho da Salvação. 

Juliano Fabricio via

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações