Se a soberba precede a ruína (Pv. 16:18), a humildade que precede a honra (Pv. 15:33). Tal afirmação está em perfeita consonância com a declaração de Jesus:”qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado” (Lc. 18:14). 

Se prestarmos atenção, perceberemos que quando se pergunta por uma definição do que é “humildade”, a maior parte das pessoas respondem descrevendo atitudes que são esperadas de uma pessoa humilde: não menosprezar os outros, não fazer as coisas para ter destaque etc.. Existe uma certa dificuldade em definir humildade em uma frase. Afinal, como poderemos defini-la? 

Creio que encontramos a resposta para essa pergunta em Jesus, pois foi Ele mesmo que se colocou como modelo de humildade: “aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração” (Mt. 11:29). Contudo, se colocar como padrão de humildade não é uma atitude que geralmente esperamos de uma pessoa humilde. E nossa dificuldade de compreender a humildade de Jesus se torna maior diante de declarações que Ele mesmo fez: “Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á” (Mt. 10:37-39). 

À luz da vida de Jesus, entendo que humildade é ter uma correta visão de si mesmo. É saber quem você é, ou seja, se colocar no seu devido lugar. Por isso Jesus poderia dizer tudo o que disse a respeito de Si mesmo, expressando sua humilde. Ele, antes de lavar os pés de seus discípulos, sabia que “o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus” (Jo. 13:3). 

E nós? Quem somos? O que diremos a nosso respeito? Em poucas palavras, como nos definiríamos? 

Creio que devemos começar pela palavra pecador, pois é isso que sou antes de qualquer coisa: “Eis que em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe” (Sl. 51:5). Por natureza, somos merecedores da ira de Deus, filhos da desobediência, inimigos de Deus. O publicano desceu para sua casa justificado ao assumir essa realidade, declarando: “Ó Deus, sê propício a mim, pecador!” (Lc. 18:9-14). 

Reconhecer-se pecador é mais do que uma simples declaração. A percepção que temos do nosso pecado é demonstrada de forma prática. 

O homem que sabe que é pecador, age com prudência, com cautela, sempre vigilante, pois o pecado é uma realidade que nos cerca todo o dia (Hb. 12:1). Esse homem se desvia do mal (Pv. 16:17) e guarda a palavra que diz: “Foge das paixões da mocidade” (II Tm. 2:22). 

O homem que conhece a humildade, não despreza quem está preso ao pecado, e não se considera imune a essa situação, pois sabe que é um homem sujeito às mesmas paixões (Tg. 5:17). Contudo, isso não é uma justificativa para a omissão diante do pecado dos outros, fazendo mau uso de afirmações como “errar é humano” ou “ninguém é perfeito”. Mas o humilde observa com zelo a orientação paulina: “Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado” (Gl. 6:1). 

Esse homem é aberto para receber a repreensão, pois sabe que o Corpo de Cristo é ambiente para a admoestação mútua (Hb. 10:25), atitude que parte de corações cheios de bondade (Rm. 15:14). Ele também reconhece o chamado de Deus na vida de outros: “Agora, vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam; e que os tenhais com amor em máxima consideração, por causa do trabalho que realizam. Vivei em paz uns com os outros” (I Ts. 5:12,13). 

Sabemos que Deus nos chamou para a maturidade. Contudo, como crescer em Cristo sem cultivar a virtude da humildade? Devemos sempre nos lembrar que ”Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a sua graça” (I Pe. 5:5). 


0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações