As Estações da Cruz na visão de Banksy
Fazei justiça ao fraco e ao órfão, Procedei retamente com o aflito e o desamparado. (Salmo 82:3)

Vamos dar a palavra ao Salvador. Perguntaram-lhe certa vez: “Quando foi que te vimos como imigrante e sem-teto, e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar? Então o que reina (no Reino dos céus) lhes responderá: Eu garanto a vocês: todas as vezes que vocês fizeram isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizeram. Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: – Afastem-se de mim, malditos. Vão para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos. Porque eu estava com fome, e vocês não me deram de comer; eu estava com sede, e não me deram de beber; eu era estrangeiro, imigrante, sem-teto, e vocês não me receberam em casa; eu estava sem roupa, e não me vestiram; eu estava doente e na prisão, e vocês não me foram visitar.Também estes (amaldiçoados, perplexos…) perguntarão: – Senhor, mas quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou sem roupa, doente ou preso, e não te servimos? Então o que reina (no Reino dos céus) responderá a estes: – Eu garanto a vocês: todas as vezes que vocês negaram quaisquer dessas coisas a um desses pequeninos, foi a mim que negaram” (Mateus 25,25-45).

No meio dessa gente esmagada, pisoteada, era onde ele exigia ser visto e visitado por seus seguidores. Deveríamos vê-lo, portanto, onde ele está, enquanto enviado em missão do Pai? Ou deveríamos vê-lo por trás de um balcão de vendas de indulgências, comércio da graça, negociação da salvação, onde a ganância torna-se virtude “evangélica”? Poderíamos, ainda, acreditar que ele está por trás do pastor arremedo de psicanalista, no púlpito ou no gabinete privado, que se coloca como intérprete dos céus para a solução dos problemas emocionais, bem-postos com sentimentos de culpa (e não do pecado da ganância), insaciáveis mas indecisos sobre o que vão gastar, diante de “problemas consumistas”, seus e de seus filhos? Se é assim, esqueçamos o que Jesus disse.

Ao menos sejamos honestos, rasguemos as páginas do Evangelho, esqueçamos Jesus, e sinceramente vamos cuidar de alcançar a graça barata que nos oferecem diariamente nas igrejas. As contas com Deus ficam para depois…

Derval Dasilio em Escritos&Artigos

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações