Estes pontos no ensinam sobre como devemos encarar as situações do cotidiano e como devemos enxergar o reino de Deus, não para uma elite de santos, mas sim para uma massa de pecadores. O grande embate se da quando Jesus anuncia que este reino estava próximo, disponível para ser agarrado, batendo a porta, no aqui e agora, pronto para nascer dentro de cada um de nós. Este anúncio estava acompanhado por uma comitiva de poucos homens inexpressíveis, de condições sócio-culturais heterogêneas, tendo como público alvo camponeses rústicos, de vila em vila, dando atenção aos pobres, desamparados, excluídos, crianças e mulheres marginalizadas.

Sua mensagem pregada por meio de parábolas convidava os ouvintes a ouvir com o coração sua mensagem e refletir sobre as figuras de linguagens, a conhecer o significado racional, mais profundo das palavras, o esforço imaginário pessoal. O maravilhoso deste reino é que quando entramos nele somos libertos e curados individualmente dos poderes opressivos espirituais por meio da cruz reconciliadora de Cristo em que nos são reveladas, não as fraquezas dos poderosos, mas sim as maldades dos justos. Não podemos guardar esta mensagem, temos de anunciá-la, nossa missão é fazer com que outros conheçam este reino e possam viver nele.

Quando refletimos sobre a maneira de Jesus de exercitar a sua obra, antes de todas as ações, ele ouviu a Deus. Ao longo da história a religião sempre tem sido questionada Karl Marx define bem este ponto ao dizer que a “a religião é o ópio do povo” e de fato as pessoas tem sido drogadas pela religião. A religião do dinheiro, da fama, da beleza, da fé....

As pessoas são disciplinadas a serem bons filhos, bons alunos, ricos, bem de vida, e pouco ensinadas sobre a sermos Cristãos; que conheçam e vivam a mensagem de Jesus. O reino esta dentro de nós, quando nossas atitudes são transformadas elas testificam sobre este reino. Não é por meio de um livro, uma literatura ou analise textual que nossa universidade e sociedade conheceram o reino, mas pelas ações daqueles que já estão neste. Para tanto, é necessário que nós venhamos a desenvolver um relacionamento mais pessoal e menos mecânico, reconsiderando os nossos sonhos e devemos de fato confiarmos em Deus, crendo que os sonhos d’Ele são suficientes para nossas vidas.


0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (296) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações