O mundo sofre... 
Crianças gemem e morrem. Diante dos horrores da história, abandonei a pretensão de ser abençoado. 

Qualquer prece, com um mínimo de senso ético, deve considerar os mais sofredores. Quem se atreveria a furar a fila da bênção onde esperam africanos exilados e haitianos sem-teto? Um Deus que dispensa bênçãos, prioritariamente, sobre quem tem olhos azuis não merece a atenção de ninguém. Repetir que ele é uma divindade irada, sempre pronta a castigar, não mete medo, apenas aversão. Se existe um Deus que na hora de distribuir maldições começa pelos mais miseráveis, ele deve ser tratado como um demônio. Não desejo continuar com uma fé que espera milagre de um Deus tribal. A divindade que fazia chover apenas no quintal dos seus queridos, não faz sentido para mim. A noção primitiva de um Deus que afugenta gafanhotos quando vê obediência e que destrói plantação e causa fome diante do erro, não me seduz. Benção e maldição retributivas não condizem com o amor gratuito de Deus em Jesus. Deus jamais se valeria do papel do bedel indignado que abandona bilhões à míngua.

Sem instrumentalizar a espiritualidade, desejo transubstanciar fé em ações; desde o silêncio contemplativo, cumprir a missão de incluir o marginalizado, valorizar o desprezado e cuidar do esquecido. O seguimento - do verbo seguir – de Jesus nasce de corações calmos. Um cristianismo existencial se tornou a melhor expressão para a minha piedade. Noto que liturgias centradas em emocionalismo desmerecem a tradição profética dos dois Testamentos. 

Desde Isaías, cultuar só tem sentido se a justiça é protegida. Deus não tolera ajuntamentos e cerimônias autocentradas. Fazer culto para buscar o seu favor agride os céus. A verdadeira adoração disponibiliza pessoas para cuidar de órfãos e de viúvas. A verdadeira religião, segundo Tiago, consiste em cuidar dos mais esquecidos. Qualquer verticalização de louvor só tem sentido quando promove a horizontalização do serviço. Espiritualidade cristã autêntica reconhece Deus no rosto do pobre, do nu, do faminto, do desterrado. Tudo o mais não passa de individualismo travestido de religião piegas.

Despeço-me do culto espetáculo. 

Não quero estar em ambientes frenéticos. Anseio por reuniões que celebrem a graça sem paranóia, sem alguém tentando infundir culpa. Quero participar de comunidades leves, sem a afetação do glamour do mundo; uma igreja onde os sorrisos sejam gratos e os abraços, sinceros. O caminhar de Jesus não combina com espaços espetaculosos. Os valores do Reino prescindem dos holofotes.

Juliano Fabricio
aprendendo com o herege

17 Comentários - AQUI:

  • Basta saber se isso são apenas palavras, ou se realmente o Juliano já está com a mão na massa e realmente apenas preocupado em fazer o bem para o próximo desemparado?

  • Tento fazer o possível. Tento ser um bom pai, esposo, filho, um bom funcionário e acho que isso tudo esta ligado ao minha maneira de se relacionar com Deus. Participo e apoio alguns projetos voltados aos necessitados. Porém sei que ainda não sou nem de perto o que deveria ser e nem sei se serei. Abraços. Ps: quando or comentar não faça anonimamente.

  • Parabéns, Juliano. Você me dá a certeza de que eu não estou sozinho. Criei um blog (Blog de Edvaldo cosmo ) para combater essa espécie de mentira que a cada dia tem transformado várias pessoas em zumbis da fé em um deus fisiologista, vingativo e ameaçador. Até onde isso irá conduzir a nossa humanidade!!??

  • Puxa, isso é bem o que eu vinha pensando e refletindo muito há umas semanas. Obrigado por esse texto, meu caro. Glória seja dada a Deus. E como diria o Resgate, "sai que agora eu quero andar" =D
    Abç.

  • Isso é que eu chamo de pinçar textos na Bíblia para defender sua visão de Deus, mas a parte mais mentirosa foi essa "Não desejo continuar com uma fé que espera milagre de um Deus tribal. A divindade que fazia chover apenas no quintal dos seus queridos, não faz sentido para mim. A noção primitiva de um Deus que afugenta gafanhotos quando vê obediência e que destrói plantação e causa fome diante do erro, não me seduz."
    Mas foi exatamente isso que ele fez com Israel, cuidou do seu povo em detrimento dos outros, ou não foi ? Se vc puder contestar esse fato biblicamente fique à vontade, eu disse biblicamente.

  • Gostei muito do texto.Gostaria de poder encontrar um lugar onde a palavra de Deus fosse o ponto alto.Estou cansada de reunioes teatrais,onde se faz de tudo pra que vc fique emocionalmente tocada,louvores bem trabalhados em instrumentos diversos e a palavra tem que ser algo com uma cobrança profunda e dpois dá uma aliviada uma levantada na moral que é pra vc nao sair meio down.Jesus era tao simples,tao direto e objetivo,sem rodeios,fantasias,sem "luzes no palco (alias sem palco rs)".
    # P.S _ Acho tao grosso(pra nao dizer sem noçao) uma pessoa que até parece conhecer a palavra fazer comentarios anonimos...

  • Quanto a forma de cultuar a Deus não julgo aos que gostam de um culto mais silencioso ou dos que gostam de mais exaltação (eu...rs), isto é a sua forma, nao posso julgar e tambem não posso ser julgado (Rei Davi adorava de forma extravagante).Concordo com o texto no que tange a..." A verdadeira religião, segundo Tiago, consiste em cuidar dos mais esquecidos. Qualquer verticalização de louvor só tem sentido quando promove a horizontalização do serviço. Espiritualidade cristã autêntica reconhece Deus no rosto do pobre, do nu, do faminto, do desterrado."

  • Eu vi um cometário q o cara perguntou se o autor vive o texto...na boa,cala boca e o viva vc.As vezes quando faltam argumentos para discordar,sobras acusações sem sentido e quem vive para discordar só por discordar,sempre será uma pedra de tropeço para si e para outros...muito bom o texto,simplesmente um absurdo...to espalhando por aqui.

  • Belas palavras, desafiadoras, bem adequadas ao momento reflexivo e solitário no qual me encontro. Sempre fiz parte desse evangelho espetáculo, especialmente por ter sido músico de igreja neopentecostal e entendo perfeitamente esse contexto. Resolvi viver a simplicidade do ser e viver o Evangelho.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (296) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações