Chesterton, Paul Brand, Robert Coles e a dupla Tolstoi, Dostoievski

Com Chesterton (e CS Lewis), Yancey descobre que existe vida inteligente e crítica na igreja (cristãos que desatavam suas mentes ao invés de contê-las). Nele o autor encontrou também a capacidade de usufruir alegremente da vida e perceber Deus nos detalhes simples, ao contrário dos olhares cisudos dos religiosos e suas carências de racionalizar a fé, ou torná-la refém de experiências místicas. Vale a pena conferir a “Ortodoxia” de Chesterton, recém lançada pela Mundo Cristão.

O médico dos leprosos, Paul Brand, mostrou a abnegação necessária ao cristão e sua devoção ao ser humano como práxis da devoção a Deus. Brand também circulava livremente nos ambientes não religiosos, sendo livre dos rótulos que impomos a nós mesmos por nos portarmos de maneira dogmática e litúrgica em nossa vida cristã. O serviço sacrificial de Brand entre gente tão sofrida contrastava com sua alegria e contentamento. A sua forma de encarar a dor como uma bênção divina e demonstrar isso em seus estudos foi libertadora, bem como sua capacidade de ver Deus em cada detalhe do corpo humano. Extremamente marcante foi a forma como foi recebido na índia pelas comunidades carentes onde ele e seu pai trabalharam, em oposição à forma como circulava em um imponente hospital de Londres, demonstrando de forma clara o contraste da “transitoriedade da fama com a perenidade no investimento no serviço aos outros”.

O trabalho de Robert Coles demonstra a beleza e a essencialidade da simplicidade na fé. Sua forma de entrar em contato com pessoas, de olhar a todos como iguais, de transitar como mestre entre os salões lotados das universidades e, simultaneamente, trabalhar como zelador são impressionantes. Mas assombrosa mesmo é a conclusão de que era muito mais fácil encontrar alegria, satisfação e paz na vida de pessoas pobres, sofridas e sem recursos. Coles percebeu na prática que aquele judeu errante que morreu na cruz sabia o que falava quando exaltava os pobres e dizia que o rico teria muito mais dificuldades para encontrar o Reino de Deus. No fim, demonstra que para oferecermos amor cristão, precisamos romper a fortíssima barreira que nos diferencia do “outro” seja ele considerado menor, ou maior.

“Cada pessoa é um mistério separado e finito, não alguma coisa que pode ser
colocada em uma categoria ou outra”.

A busca pela perfeição, a autonegação absoluta em favor da “santidade” de Tolstoi, e a dependência exclusiva da graça de Deus de Dostoievski são o que separa e atrai esses dois russos. “De Tolstoi aprendo a olhar para dentro... [e] percebo quão miseravelmente distante estou dos ideais do Evangelho. Mas a partir de Dostoievski, conheço a extensão total da graça”. Segundo Yancey, a única maneira de resolver a tensão entre os ideais do evangelho e nossa triste realidade é aceitando que “nunca estaremos à altura, mas não temos que estar nesse patamar”.

Juliano Fabricio
em gente que me inspira
(Leia também inspire)

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações