A igreja cristã ainda não desenvolveu uma consciência suficiente respeito de seus equívocos a ponto de dar inicio a um auto exame mais sério.

Não resta duvida de que cometeu erros, no entanto deixou de reconhecer muitos deles. 

Durante o período da colonização, a igreja, tanto protestante quanto católica, foi tomada por um senso de expansão missionária (missão esta que ocorreu muitas vezes de forma híbrida, de modo lamentável, com a própria colonização). Tal qual um time no meio de uma temporada vitoriosa, ou uma banda de rock em ascensão para a fama total, uma religião se expandindo em parceria com a colonização não se encontra propriamente em sua modalidade mais reflexiva, especialmente no que se refere às injustiças associadas à própria colonização.

Mas quando o fracasso bate à porta e quando algumas falhas se elevam ao nível dos escândalos e das atrocidades (a conquista e o genocídio dos nativos nas Américas, o comercio escravo mundial, a escravidão nas Américas, a segregação racial nos Estados Unidos, o apartheid sul-africano, a degradação ambiental, as duas grandes guerras mundiais, o Holocausto, o grande numero de japoneses civis mortos pelas bombas nucleares lançadas pelos Estados Unidos sobre Hiroshima e Nagasaki, os escândalos de pedofilia, entre outros), as organizações tendem a se tornar mais reflexivas. Números em declínio também possuem um efeito similar. 

A questão deixa de ser formulada como “O que deu errado?”, transformando-se em “O que está errado conosco”, o que por sua vez pode levar à indagação: “O que está errado com nossa mensagem?”

O orgulho antecede a queda – e talvez organizações orgulhosas precisem experimentar uma queda antes de se abrirem ao arrependimento e à reconsideração.

Poderíamos começar, por exemplo, com o pedido de perdão de varias denominação que entregaram seus pares na época da ditadura. Como disse Abraão: “Não fará justiça o justo juiz de toda a Terra”

Ps: É por isso que existe muita denominação encardida por ai...

Juliano Fabricio em:
o passado é pra ser esquecido, porém resolvido

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações