O Bicho 


Vi ontem um bicho 

Na imundície do pátio

Catando comida entre os detritos.

Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.

O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem.

(Manuel Bandeira)

Ver minha cidade na perspectiva dos viadutos, casarões, esculturas, praças, prédios é lindos cenários, é de encantar qualquer pessoa.

Mas fui mais fundo, profundo, vi pessoas.

Vi – prostitutas, mendigos, velhos, vejo a cidade que tem um enorme contigente de pessoas morando nas ruas.

Não vi – Igrejas trabalhando efetivamente por essas pessoas.

Como cristão cresci, fui criado, aprendi meus preceitos, li meu livro predileto (a Bíblia).

Com esses preceitos cri que a vida poderia ser diferente, mais amena, menos sombria.

Sei que se as igrejas unissem forças, elas poderiam vencer a escuridão, ser amparo, refúgio, ser impulso! E olha que hoje dinheiro e gente não falta.

Creio ainda assim, minha esperança ainda não morreu.. mas não creio mais na união de forças da igreja, creio sim na união de um povo escolhido por Deus, cristãos que seguem preceitos, sabem que a vontade de seu Criador é a unidade independente de rótulos, mesmo que a sociedade os chamem de loucos.

Acreditar que podemos ser igreja de verdade, ser povo, junto, escolhido para ajudar uma geração que está padecendo de amor, paz, amparo e vida!

Vida que é mostrada pelo amor do Cristo através da nossa vida!

LUTEMOS JUNTOS!

É sempre possível!

Que se ajuntem a nós todos aqueles que precisam.

“Davi retirou-se dali e se refugiou na caverna de Adulão; quando ouviram isso seus irmãos e toda a casa de seu pai, desceram ali para Ter com ele. Ajuntaram-se a ele todos os homens que se achavam em aperto, e todo homem endividado, e todos os amargurados de espírito, e ele se fez chefe deles; e eram com ele uns quatrocentos homens.” I Samuel 22:1,2.

Ps: Esse post foi uma maneira de desabafar, pois dia desses conduzi uma força tarefa na minha empresa para ajudar de alguma forma uma mãe que foi surpreendida a 10 meses com a chegada de trigêmeos e também com o terrível diagnostico de um câncer. Foi conseguido uma creche para os filhos para que ela tivesse tempo para fazer a quimioterapia, porem como as crianças estão gripadas a creche preferiu não recebê-las. O que mais me choca é o fato de que nenhuma igreja se sensibilizou com a história dessa família. E olha que no bairro precário que essa mulher mora, só em uma rua, tem várias “igrejas”. 

Por isso insisto na minha tese: "toda igreja deveria ser um centro comunitário".

Juliano Fabricio - ainda  crendo
 mas de forma altamente subversiva.

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (301) #Provocações (282) #Word (55) Administração (58) Amor (295) Arte (270) Atitude (558) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (163) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (74) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (41) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (312) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (491) Recomendo (131) Relacionamento (285) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações