Talvez você seja um convertido, que lê a Bíblia com frequência, foi batizado, vai a igreja sempre, ora em voz alta, levanta as mãos na hora do “louvor”, contribui com dízimos, faz discipulados com novos convertidos, fala de Cristo para os não-crentes e quando perguntado sobre sua religião diz sem medo: sou cristão evangélico. E sendo evangélico acredita piamente que é filho de Deus e que faz estas coisas para Ele. 

No entanto, ser um filho de Deus vai muito além dessas práticas religiosas exteriores e físicas.

Em Romanos 2, Paulo descreve a vida iludida das pessoas que estas coisas praticam. E o apóstolo encerra o capítulo dizendo que ser filho de Deus nada tem a ver com práticas religiosas, mas sim com uma operação do Espírito no coração. E é fato que só Deus sabe quem teve uma experiência de operação do Espírito no coração.

Se você parar pra pensar vai perceber que tem pessoas na igreja que você olha a vida e diz “não é possível que essa pessoa estará no céu”. E por outro lado, há pessoas que não são evangélicas, não cantam as músicas que você canta na igreja, não lê a Bíblia, não oram, sabem muito pouco de Jesus Cristo e são pessoas extraordinárias, que você olha e pensa “não é possível que Deus mande esta pessoa para o inferno”. Esse paradoxo é incrível para todos entenderem. 

Talvez seja por isso que Nietzsche disse que “se mais remidos se parecessem os remidos, mais fácil me seria crer no redentor”.

De fato, o que tem valor não é a sua experiência religiosa, mas a obra do Espírito Santo no seu coração. É por isso que ser crente/evangélico não tem valor nenhum, nem para a vida terrena, muito menos no reino de Deus. É necessário entendermos que Deus não toma o rol de membros da igreja e o transforma em livro da vida. Nem todos que estão na igreja irão para o céu, e nem todos que não estão na igreja irão para o inferno.

A obra do Espírito Santo em nós é que gera atos de amor e de misericórdia. É a experiência do Espírito Santo que me leva a pensar que não sou melhor do que ninguém e que o que tenho, só tenho pela graça. A obra do Espírito Santo me leva a entender que jamais serei perfeito, se não pela habitação e aceitação de Jesus Cristo em mim. A obra do Espírito Santo me tira da ilusão de achar que pelo fato de ser evangélico, tenho alguma vantagem diante dos que não são cristãos evangélicos. A obra do Espírito Santo em mim, me faz viver totalmente dependente de Deus.

#Tu-so-vives-iludido-se-assim-quiseres-viver


0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (304) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (298) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (76) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (42) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (287) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações