...canção chamada Dueto: “Danem-se os astros, os autos, os signos, os dogmas/Os búzios, as bulas, anúncios, tratados, ciganas, projetos/Profetas, sinopses, espelhos, conselhos/Se dane o evangelho e todos os orixás/Serás o meu amor, serás, amor, a minha paz”. 
Chico Buarque, o autor. 

A gente é teimoso, tinhoso, persevera. A gente é leve, livre, voa. A gente se escuta, a gente silencia, a gente canta. A gente ri junto — que é melhor que falar a mesma língua. Ela é a melhor pessoa que conheço e, mesmo sem conhecer todas as pessoas que estão por aí, digo: ela é a melhor pessoa. Já achei que eu tinha sorte, já achei que eu nem merecia tanto, já achei que todos os desencontros que a gente viveu deveriam ter uma razão. E têm. Este reencontro eterno — seja lá o que o tempo queira dizer com isso, eterno. Sabe, filhos, precisava dizer isso antes que você entenda demais sobre a vida e tente arrazoar sobre coisas tão grandes quanto o amor. 

Ps: dane-se também as luas. [kkkkkk] - Feliz bodas de cerâmica. Te amo tanto... 


Ps: é os porquês continuam: 

porque apesar da torcida de muitos, a gente não tropeçou; 

porque a justiça falha; 

porque os filhos crescem; 

porque a nossa fila sempre é a mais demorada; 


porque alguém esqueceu que o fogo estava alto; 

porque o agir correu muito e chegou antes do pensar; 

porque o edredom virou panqueca; 

porque tanta roupa para passar; 


porque acabou o leite; 

porque o time perdeu; 

porque o microondas não funciona mais; 

porque a cama faz tanto barulho; 


porque choveu; 

porque nem sempre o livro termina como deveria; 

porque o tempo passou depressa demais no fim de semana; 

porque não deu pra viajar; 


porque não tem mais sorvete; 

porque não dá para brincar mais um pouco; 

porque alguém deu as costas; 

porque nem sempre temos asas; 


porque era segunda-feira; 

porque a água estava fria; 

porque não era verdade; 

Por que a gente fica triste? 


Bom, porque às vezes algo sai errado. 


Para esses momentos, quando a tristeza achar que pode entrar sem bater, guarde essa palavra: ♥AMOR♥ 

Apesar de tantos porquês, vamos sim celebrar as risadas, os sorrisos, as gargalhadas. Vamos relembrar todos os cheiros, todos os perfumes, os olhares, os segredos. Vamos perpetuar os toques, os gestos, os beijos, os suspiros, sussurros e desejos. (uiiiiiiiii!!!!!!!)

0 Comentários - AQUI:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentem pelo Facebook

Paninho do AMOR

Click e Confiram D+

Segue ai...

Curta no Facebook

Amigos do Blog

Postagens populares

Twittes

Google+ Followers

Blog que escrevo

Pesquisar este blog

Siga-me por Email

Marcadores

@provérbios (27) #pronto falei (306) #Provocações (283) #Word (55) Administração (58) Amor (299) Arte (270) Atitude (561) Bíblia (99) Boas notícias (118) Contra Cultura (165) cristianismo inteligente (546) Curiosidade (106) Dicas (49) Estudo (83) Familia (78) Fundamentos (313) GRAÇA (140) humor (87) Igreja (144) imagem que vale post (33) Juventude (61) Livros (17) Masculinidade (44) Missão integral (103) modelos (171) Nooma (8) Opinião (313) Oração (38) Polêmica (94) Politica (53) Protesto (138) Questionamentos (492) Recomendo (131) Relacionamento (290) relevante (335) Religião (69) Solidariedade (58) Teologia (169) Videos (386)

Blog Arquivos

Minha lista de blogs

Juliano Fabricio Ferreira. Tecnologia do Blogger.

Visão Mundial - Conheça

Visitantes

Contato:

Juliano Fabricio Ferreira

jucafe2@yahoo.com.br

Uberlândia - MG - 34 99149-5443

Networkedblogs - Siga

Recomendações